8 de maio de 2012

O meu afilhado à distância

As cartas especiais que ontem vos disse que recebo frequentemente são as do Rai, o meu afilhado de São Tomé e Príncipe. Através da HELPO, tive a possibilidade de apadrinhar uma criança à distância, à pouco mais de um ano, e digo-vos que é a melhor sensação do mundo. Esta é uma óptima associação que este ano passou dos 151 padrinhos para os 294. Para além do apoio no terreno, os padrinhos estão sempre actualizados com fotografias, desenhos (para os que ainda não escrevem) e cartas dos animadores referentes à saúde, escola, tudo. Se alguém gostava de contribuir, esta é uma muito boa opção. Eu sei que a vida está difícil para todos mas a contribuição varia entre os 13€ e os 21€ por mês, não é nada! Para além da contribuição financeira, ainda temos a possibilidade de enviar brinquedos e material escolar. Vou-vos deixar os links se tiverem curiosidade em visitar:




Este é o Rai Abílio de Sousa. Quando o apadrinhei tinha 7 anos e estava na 1ª Classe. O Rai tem cinco irmãos, um deles, gémeo dele. Vive com os pais e os irmãos numa casa feita de madeira, sem água canalizada, energia electrica ou latrina. Ao nível da saúde o Rai sofre de estrabismo.
Desde então, já recebi 2 cartas da animadora e dois desenhos feitos por ele:



A última fotografia que recebi foi há poucos meses e já se nota maiorzinho...



Assim que tiver mais actualizações conto-vos!

6 comentários:

Paula disse...

Que maravilha Maria :)
E que belo gesto o teu, faria o mesmo se tivesse empregada, isto de não termos dinheiro ao final do mês e de não ter a nossa independência torna-se complicado e a situação cá em casa não anda assim para extras maiores.
Gostei desta partilha :)

Maria Lúcia disse...

Eu compreendo Paula e nem sempre é fácil. Também tive de abdicar de algumas coisas mas compensa sempre que recebo notícias do Rai. É uma altura complicada mas depois de a associação ter pedido ajuda porque estava em risco de fechar, surgiram mais de 143 padrinhos, o que foi uma óptima notícia. Também um dia a tua situação vai melhorar e poderás ajudar quem mais precisa :)

Paula disse...

Tens toda a razão, espero mesmo que a minha vida melhore. Se afunda mais do que já está não sei onde vamos parar. E se puder certamente que ajudarei. :)
E fico-te grata em partilhares.

Pretty in Pink disse...

Ohhhhh que maravilha!! Infelizmente não trabalho, se não arranjava já um afilhado desses ;) Mas assim que começar a ganhar, essa vai ser uma das minhas prioridades ;)

Beijinho*

t disse...

que engraçado! vi um pedido de padrinhos para moçambique numa partilha no facebook :) e agora vi que és madrinha! parabéns! é uma optima iniciativa! estou a ponderar ser também :) a tua partilha deu-me ainda mais vontade!
***

Maria Lúcia disse...

Acabei agora mesmo de te deixar o link do meu post.
Esta foi das melhores decisões que tomei. 13€ por mês não nos custa nada e faz tanta diferença a estes meninos. Se puderes aconselho-te a fazer. Apesar de tudo ser à distância, é muito gratificante :)

Beijinhos**